Polícia Militar estoura rinha de galo em propriedade rural de Muriaé
19/06/2017 - 7h35 em REGIÃO

 

A Polícia Militar estourou uma rinha de galos na tarde deste domingo, 18 de junho, na zona rural de Muriaé/MG (62 km de Cataguases). O fato aconteceu por volta das 16 horas quando a PM recebeu denúncia anônima de que estaria acontecendo uma rinha de galo numa fazenda localizada na comunidade do Santo Cristo, próximo a Vermelho, distrito de Muriaé. Segundo a denúncia, várias pessoas estariam no local, inclusive algumas portando armas de fogo, e que os animais estariam sofrendo maus tratos.
 
Várias equipes da Polícia foram até o local e lá encontraram grande movimentação, sendo que várias pessoas conseguiram fugir para um matagal existente nas proximidades, mas várias outras foram contidas pelos policiais. Os militares confirmaram a realização de rinha de galo ao encontrarem uma arena de combate com alguns galos soltos nas proximidades, além de várias gaiolas onde foram encontrados 19 animais, sendo que um deles estava morto, com vários ferimentos na cabeça.
 
Durante varredura no local, foram apreendidos vários materiais relacionados á rinha de galo, dentre eles 299 esporas, 55 biqueiras, quatro tesouras, três agulhas-arco, um rolo de esparadrapo, outro de barbante, uma seringa, uma lixa, uma serra e um frasco de terramicina, um tipo de antibiótico. Cerca de dezessete envolvidos receberam voz de prisão por maus tratos e podem pegar de trêsmeses a um ano de prisão, além de multa. Um dos autores se apresentou como responsável pelo local, afirmando que haviaarrendado a propriedade. Todos foram levados para a delegacia de polícia em uma Van da própria PM. Dois galos vivos e um morto, também foram levados para a delegacia. Um carro que estava no local foi removido para o pátio credenciado do Detran-MG pois nele foi encontrado vários materiais idênticos aos encontrados na rinha. (Foto: Guia Muriaé)
 

Fonte: Guia Muriaé

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!