Deputado estadual Márcio Santiago (PR), de Juiz de Fora, perde o mandato
11/10/2018 08:38 em REGIÃO

 

Em Reunião Ordinária de Plenário nesta quarta-feira (10/10/18), a Mesa da Assembleia declarou a perda de mandato do deputado Márcio José Machado de Oliveira, que utiliza o nome parlamentar de Missionário Márcio Santiago (PR), ligado a igreja Mundial do Poder de Deus.

A Deliberação da Mesa 2.683/18, que traz a decisão, cita ofício encaminhado ao Legislativo pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). Nele há cópia do acórdão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que cassou o mandato do parlamentar em agosto deste ano e o impediu que participasse das eleições. Ele ficou inelegível por oito anos.


A Mesa considerou ainda que a defesa apresentada pelo deputado não trouxe elementos que pudessem afastar a prevalência da decisão da Justiça Eleitoral.


Márcio Santiago foi punido por abuso de poder econômico, político e de autoridade por participar de evento religioso realizado em Belo Horizonte às vésperas da eleição de 2014. Durante o ato, teria havido divulgação da campanha, distribuição de panfletos e pedidos de votos aos presentes.



A Deliberação da Mesa será publicada nesta quinta-feira (11) no Diário do Legislativo. A partir daí, começa prazo de dois dias úteis para a convocação de suplente. O primeiro deles, o ex-jogador Marques Abreu, já informou oficialmente à Assembleia que não deseja assumir a vaga. Será chamado, então, o próximo da fila, Cláudio do Mundo Novo (PROS). Ele é administrador, nasceu em Belo Horizonte e tem 50 anos.

O deputado missionário Márcio Santiago tem 39 anos, nasceu em Juiz de Fora, cidade da zona da mata mineira. Passou sua infância em Cisneiros, um distrito do município de palma, em Minas Gerais. É missionário da Igreja Mundial do Poder de Deus desde 2012 e deputado desde 2015.

 

Fonte: ALMG/ Mídia Mineira

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!