Museu de Cabangu fecha casa onde nasceu Santos Dumont por tempo indeterminado
14/01/2019 15:58 em REGIÃO

 

A casa sede do Museu de Cabangu, em Santos Dumont, está fechada por tempo indeterminado para visitação a partir desta segunda (14). Em entrevista ao G1 nesta manhã, o presidente da Fundação Casa de Cabangu, Tomás Castello Branco, confirmou a medida, anunciada na semana passada.

"O fechamento foi preventivo e por motivos financeiros. A dívida trabalhista está estimada em torno de R$ 170 mil. Ficará fechado até que seja viabilizado pagamento dos quatro funcionários", disse.

Ainda segundo Tomás Castello Branco, houve uma conversa preliminar com o Secretário de Turismo, Lazer e Esporte. O G1 fez contato com a Prefeitura de Santos Dumont e aguarda retorno.

Segundo ele, o acervo composto de móveis, documentos e vestimentas originais do Pai da Aviação permanecerá na sede sob a guarda da Fundação.

Ele explicou ainda que o parque permanece aberto aos visitantes porque a segurança é feita pela Aeronáutica, por meio da Escola Preparatória de Cadetes do Ar (Epcar). O local fica no Km 16 da BR-499, no Distrito de Mantiqueira e o funcionamento é das 8h30 às 17h.

Crise desde 2018

 

O local ficou fechado por uma semana em fevereiro de 2018, mas voltou a funcionar após pagamento da dívida. Pelo acordo entre a Fundação e o Município, até janeiro de 2019, a Prefeitura deveria pagar R$ 100 mil à administração do Museu.

No vídeo que divulgou nas redes sociais, Tomás Castello Branco destacou o fechamento e considerou que todas as medidas possíveis foram adotadas - inclusive a campanha #SomosTodosMuseuCabangu- mas não trouxeram o resultado necessário.

"Tentamos o financiamento popular, o financiamento coletivo, que foi gestado na Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo. No entanto, não deu certo, porque teve o apoio de muitos, a crítica de alguns e a ajuda de poucos. Infelizmente, estamos correndo risco de perder o acervo do Museu. Então, nós vamos fechar para não perder", disse Castello Branco ao G1.

Na semana passada, a assessoria da Prefeitura confirmou o atraso do repasse desde julho, mas, por se tratar de uma subvenção, não é obrigada a realizá-los quando não houver dinheiro em caixa.

Com a dívida do Estado com o Município em cerca de R$ 13 milhões, o Executivo optou por priorizar serviços essenciais, como o repasse ao hospital e folha de pagamento. Ainda de acordo com a assessoria, até fevereiro os valores serão repassados à fundação.

 
Logomarca da campanha para arrecadar recursos para o Museu de Cabangu em Santos Dumont — Foto: Prefeitura de Santos Dumont/DivulgaçãoLogomarca da campanha para arrecadar recursos para o Museu de Cabangu em Santos Dumont — Foto: Prefeitura de Santos Dumont/Divulgação

Logomarca da campanha para arrecadar recursos para o Museu de Cabangu em Santos Dumont — Foto: Prefeitura de Santos Dumont/Divulgação

Acervo

 

A instituição foi inaugurada em 1973, em comemoração ao centenário de aniversário de Santos Dumont. No museu há móveis, documentos e vestimentas originais do Pai da Aviação, que atraem turistas há anos.

A manutenção do espaço também está prejudicada. O forro de esteira de bambu apresenta goteiras e o piso original de madeira está desgastado, além da parte elétrica do imóvel, que também precisa de reparos.

Em setembro de 2017, a Prefeitura de Santos Dumont anunciou a criação de um projeto para restauração do Museu e avaliou que o custo seria de aproximadamente R$ 12 milhões.

O plano foi dividido em seis eixos principais de reformas e restaurações, que envolvem a sede principal, os pavilhões e os jardins. Como não tinha dinheiro em caixa, o Executivo enviou a avaliação para o Ministério da Integração Nacional.

 
De acordo com Fundação, fechamento também protege acervo relacionado a Santos Dumont guardado no Museu de Cabangu  — Foto: ReproduçãoDe acordo com Fundação, fechamento também protege acervo relacionado a Santos Dumont guardado no Museu de Cabangu  — Foto: Reprodução

De acordo com Fundação, fechamento também protege acervo relacionado a Santos Dumont guardado no Museu de Cabangu — Foto: Reprodução

 

Fonte: G-1 Zona da Mata

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!