Bando preso em Leopoldina com 16 armas planejava assalto milionário em Muriaé, diz coronel da PM
09/01/2019 07:21 em LEOPOLDINA

 

Os sete homens presos com 16 armas, incluindo fuzis e submetralhadoras, durante uma grande operação da Polícia Militar (PM), deflagrada na manhã desta terça-feira (8), na cidade de Leopoldina, estavam planejando um assalto milionário em Muriaé. A afirmação foi feita pelo comandante da 4ª Região da PM, sediada em Juiz de Fora, coronel Nocelli, em entrevista exclusiva ao comunicador Gilson Jr., na tarde desta terça (8), na “Programação Férias” da Rádio Muriaé (99.5).

O coronel disse que durantes as buscas no sítio onde o grupo foi preso os militares encontraram anotações conteúdos de mensagens via celular que indicam que o bando se preparava para cometer um assalto em Muriaé, provavelmente a um banco, e que o objetivo seria roubar algo entorno de R$ 45 milhões.

Clique no ícone de áudio abaixo da 1ª foto e ouça a entrevista

De acordo com o coronel, a operação foi resultado de um trabalho que teve início em Belo Horizonte, com o monitoramento de uma van que veio para Muriaé. Nocelli explicou que a partir de então, o trabalho militares do setor de Inteligência do 47º Batalhão, de Muriaé, deram sequência ao trabalho e chegaram a outro veículo que foi monitorado pela PM até o sítio em Leopoldina.

A ação contou com mais de 30 militares, incluindo o coronel Nocelli, o comandante do 47º Batalhão (Muriaé), tenente coronel Joedson, e policiais do Pelotão Tático Móvel da unidade que atuaram com cães farejadores, bem como equipes especializadas de Juiz de Fora e um helicóptero da corporação.

A operação resultou na captura de sete homens e na apreensão de 16 armas, sendo quatro fuzis, duas submetralhadoras, sete pistolas automáticas e um revólver, além de muita munição e coletes balísticos. Segundo o comandante da 4ª Região, entre os presos, estão criminosos de Belo Horizonte e do estado de São Paulo.

Também foram recolhidos no sítio diversos aparelhos celulares e dois automóveis (Mitsubishi ASX e um Fiat Linea), que segundo a PM, seriam clonados.

Carro e arma apreendidos em Muriaé

Já na tarde desta terça (8), policiais militares apreenderam, em Muriaé, um terceiro carro relacionado à quadrilha e mais uma arma de fogo. Segundo a PM, a chave do VW Polo, foi recolhida no sítio e o veículo foi localizado no bairro Barra, na rua Belisário, sendo uma escopeta calibre 12 encontrada dentro do porta-malas.

Os presos e todo o material apreendido estão sendo apresentados à Polícia Civil (PC), que irá investigar as ações do bando.

 

Texto: Rádio Muriaé - reprodução na íntegra ou parcial permitida somente mediante crédito.

 



Fonte : Rádio Muriaé
COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!