Suspeito de matar policial do BOPE no Rio de Janeiro é preso em Muriaé durante ação conjunta da Polícia Civil
07/06/2024 04:59 em REGIÃO

 

Uma operação conjunta entre as Polícias Civis de Minas Gerais e do Rio de Janeiro prendeu na tarde desta quinta-feira (06) um foragido da Justiça Fluminense, de 39 anos, que estava morando e trabalhando em Muriaé.

A prisão ocorreu no Bairro da Barra, onde o foragido mantinha uma rotina de aparente normalidade como empresário e dono de uma loja de celulares. A ação contou com a participação de Agentes da 60ª Delegacia de Polícia de Duque de Caxias, coordenados pela Delegada Patrícia Uana da Rocha Cambraia e de Policiais lotados na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) coordenados pelo Delegado Tayrony Espíndola. Uma Equipe do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) da Polícia Rodoviária Federal também esteve presente.

De acordo com os delegados responsáveis pelo caso, o rapaz é integrante da maior facção criminosa do Rio de Janeiro e buscou refúgio em Muriaé, depois de ser apontado como autor de homicídios que vitimaram um Sargento do BOPE, em Cabo Frio e um Advogado, no Rio de Janeiro, ambos ocorridos em 2020.

Vitor Santos Maia, conhecido como “Vitinho de Cabo Frio” era considerado foragido pela Justiça do Rio desde 2020 e estava na lista dos mais procurados do Disque Denúncia.

Durante a ação “Vitinho” não ofereceu resistência, sendo capturado e conduzido até a sede da AIP/SESC para as providências de Polícia Judiciária.

Fonte: Site da Rádio Muriaé

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!