Alexandre Silveira chama Zema de ‘irresponsável’ e culpa governador pelo crescimento da dívida de Minas
10/07/2024 12:57 em MINAS

 

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira (PSD), chamou o governador Romeu Zema (Novo) de “irresponsável” e o apontou como culpado pelo crescimento da dívida de Minas Gerais com a União. A fala foi feita na manhã desta quarta-feira (10), durante coletiva de imprensa após o evento Seminário Tecnologias Limpas para Cozinhar, organizado pelo Estadão, em Brasília. 

"Eu penso nessa questão de Minas como um todo. Acho que o governador (Zema) foi irresponsável com mineiras e mineiros", disse. “Minas devia R$ 110 bilhões para a União - isso é um número objetivo -, e passou a dever R$ 160 bilhões, está à beira do colapso econômico-financeiro”, acrescentou o ministro.

Silveira também acusou Zema de empurrar "a conta para o servidor público” e de tratá-los como “vilões da sociedade” ao ameaçar atrasar o pagamento dos salários para quitar a dívida. “Ele não tem a noção clara. Até porque ele não compreende o Brasil, ele viveu numa bolha em Araxá. Ele não entendeu que o Brasil tem diferenças sociais, e Minas Gerais é o cenário mais fidedigno do Brasil”, pontuou.

Federalização da Cemig

As declarações do ministro contra Zema foram feitas após uma pergunta a respeito da federalização da Cemig para abater parte da dívida de Minas com a União. Sobre esta possibilidade, Silveira se mostrou favorável. "Se ele (Zema) for responsável, coloca esses ativos (estatais) para poder não colapsar Minas Gerais". 

 

Fonte: Jornal O Tempo

 

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!